Início Contato Resenhas Parceiros

16 agosto 2013

No desenvolver da Vida _ Capítulo 2 - Sofia/Pedro

OBS: Eu juntei a Sofia e o Pedro nesse capítulo porque a parte dos dois era bem pequena : )



Sofia
_________________________________________________________________________________
Odeio os fins de semana que a mamãe está em casa, ela não me deixa comer nada que quero e me obriga a lavar todas as verduras. _ Hora do almoço querida. _ Ela me chamou.
_ Brócolis de novo mãe? _ Odeio brócolis.
_ Claro que sim, você está anêmica, precisa comer bastantes alimentos verdes que contém muito ferro e...
_ Blá blá blá. _ Deixei meu rosto cair sobre as mãos na mesa entediada.
_ Não seja malcriada Sofia, como a sua comida está bem?
_ Tudo o que eu queria era comer um hambúrguer... É pedir demais? _ Resmunguei.
_ Se você quiser pegar uma infecção intestinal ou elevar seu níveis de colesterol seria ótimo, mas não vou permitir que a minha garotinha se empanzine de besteiras por aí.
_ Não sou mais uma criança mãe, eu já tenho doze anos!!!!
_ Então aja como uma mocinha e coma corretamente.
Não adianta discutir com a minha mãe, não tem como ganhar de uma médica especialista em doenças infecciosas, já me conformei que nos finais de semana o máximo de prazer que eu vou ter nas minhas refeições é curtir o açúcar das frutas, que mesmo assim são racionadas porque a mamãe diz que nada em excesso é recomendado.
Ainda bem que o fim de semana acaba rápido e segunda eu posso comer quantos doces eu quiser, meus amigos Pedro e Miguel sempre me dão doces.



Pedro
_________________________________________________________________________________
_ Sai já desse computador e vai dormir Pedro!! Amanhã você tem aula! _ Minha mãe já estava gritando isso a pelo menos meia hora.
_ Já estou saindo mãe. _ Eu disse, mas nem eu nem ela acreditamos nisso.
Eu descobri que o senhor Google sabe tudo sobre insetos, mas também descobri que eu não gosto só de insetos, quer dizer, eu achava que as aranhas eram insetos, mas descobri que são um outro grupo, aracnídeos.
Eu achava que tudo que tinha anteninhas podia ser inseto, mas descobri que nem sempre é assim. Surpreendente mesmo foi descobrir que os escorpiões também são aracnídeos, fiquei com uma baita vontade de colecionar alguns deles, mas nunca vi nenhum por aqui, talvez seja mesmo melhor não tê-los, descobri que podem ser muito venenosos.
Não que eu tenha entendido tudo que li na internet, tem umas palavras bem complicadas, eu anotei algumas delas para perguntar a professora de ciências amanhã, espero que ela saiba me responder o que é um celoma e um tal de oligoqueto.
Também não entendi como uma minhoca pode ter alguma semelhança com as sangue sugas, mas foi o que eu li.
Uma vez a professora disse que a gente não deve acreditar em tudo que tem no senhor Google, mas acho que posso acreditar no que ela me diz, por isso estou anotando tudinho.

Infelizmente o que é bom dura pouco, me distraí tanto lendo sobre os anelídeos que esqueci de responder a Sofia me chamando no msn. A minha mãe entrou no quarto com o soquete na mão e eu tive que desligar o computador correndo, ou eu ficaria sem ele para sempre.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguir por e-mail

© Letras da Nana - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Mariana Teixeira.
Tecnologia do Blogger.