Início Contato Resenhas Parceiros

08 setembro 2013

Minhas aventuras na Bienal do livro no RJ

E aí... Como estão meus queridos?

Hoje eu venho contar a minha experiência na Bienal, na verdade minhas duas experiências ;)

No dia 1 de setembro eu estive na bienal, como já tinha contado a vocês num post anterior. Foi legal, mas eu não consegui ver praticamente nada. Primeiro porque estava lotado o lugar e segundo porque eu estava lá com a minha família e, meu irmão e meu primo não quiseram andar muito.
Não me importei muito com isso, pois eu fui mais para prestigiar o lançamento do livro do meu tio.


Acabei voltando cedo pra casa, pois eu estava de carona e não queria voltar de ônibus, mas ficou aquele sentimento de que perdi muita coisa legal.

Então... Ontem dia 07 de setembro eu e uma amiga, a Juliana, nos aventuramos de ônibus mesmo.
Gente, eu moro no Rio de Janeiro, mas a minha casa não é o que podemos chamar de perto do Rio Centro, onde foi a Bienal.

Chegamos lá por volta das 14h, estava lotado, muito muito lotado.
Eu levei o meu exemplar de A Batalha do Apocalipse para pegar um autógrafo do Eduardo Spohr.
Infelizmente não consegui pegar o autógrafo, o Eduardo foi o único que não distribui senha e disse que ia autografar o livro de todo mundo, mas a fila estava gigante e ia ficar tarde pra eu voltar pra casa de ônibus, mesmo assim eu achei tão fofa essa atitude dele. Depois fiquei sabendo que até no estacionamento ele ainda estava autografando.
Muito atencioso não acham? Fiquei triste de não conseguir pegar o autógrafo dele, mas vou ficar atenta pra saber qual o próximo evento que ele estará presente no RJ. Um dia eu consigo!
Só posso dizer que achei muito legal a atitude dele e que eu queria estar de carro pra poder ficar e esperar rs.

Eu preciso comentar também sobre a editora Zahar, só comprei um livro lá, mas a editora está de parabéns! Edições lindas e com promoções. Tudo bem organizado. Só não comprei mais porque a situação do professor vocês já podem imaginar como é né?

Meu exemplar Hardback lindo do Peter Pan. Esse livro é muito bonito gente, super bem feito e tem umas ilustrações ótimas!
Na editora Leya  tinha um trono de ferro pra gente tirar foto. Sim, fiquei na fila com a ansiedade batendo no teto só para tirar uma foto sentada no trono, mas tive uma surpresa maravilhosa. Quando estávamos na fila, eu e a Ju começamos a conversar com a menina que estava na nossa frente. Um rapaz com uma máscara prateada e um chapéu de cartola veio falar com a gente sobre um livro de contos macabros que está a venda na internet. 
Fiquei olhando para a barbicha dele e um sorriso fenomenal. Depois que ele saiu a menina virou pra mim confirmando as minhas suspeitas e disse: É o Afonso Solano né?
Gente eu acho que era ele mesmo e fiquei mega feliz de ter falado com ele. Eu ia pedir pra tirar uma foto, mas como ele estava de máscara acho que ele não queria ser incomodado com esse tipo de coisa concordam?


Na Novo Século eu tive a oportunidade de conhecer o autor M. K. Takenaka que escreveu o livro Demônios da noite. Ele é um fofo e a esposa dele é a simpatia em pessoa. Me deram um super desconto no livro, ele autografou meu livro com a maior boa vontade e ainda tirou foto comigo.


A história parece ser muito boa também. É sobre vampiros no Rio de Janeiro, vou ler e fazer a resenha pra vocês.
Eles me deram dois marcadores autografados e botons, eu pensei em fazer um sorteio aqui pra vocês, o que acham?
Comprei também o livro: E se fosse verdade, eu amo o filme que foi inspirado nesse livro e tava tão baratinho que não resisti.
E por último, mas não menos importante comprei: O Iluminado do Stephen King, o filme é muito bom e ele saiu por 10 reais.

Infelizmente quando eu consegui entrar na Intrínseca já estava muito tarde e eu já tinha gastado mais dinheiro do que o meu bom senso permitia. Então apesar das promoções não comprei nada lá. A Intrínseca também está de parabéns. Amei o ambiente que eles criaram e eles sempre fazem um trabalho muito bom com as edições dos livros.

Resultado da bienal: 4 livros, bolhas nos pés, dor nas pernas e um mega sorriso carimbado no rosto. Amei!



Esse post ficou gigante gente, mas eu juro que tentei resumir pra vocês. Conclusão: Eu amei a bienal e mal posso esperar para ir a Bienal de SP ano que vem :)

Beijos!!!!!







Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguir por e-mail

© Letras da Nana - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Mariana Teixeira.
Tecnologia do Blogger.